Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Peritos vistoriam calçadão de Ponta Negra

Tribuna do Norte - 16 de Outubro de 2012
Imagem inline 1
Uma vistoria conjunta do Ministério Público Estadual e Federal, peritos, assistentes técnicos e representantes do município nesta quarta-feira (17), às 07h30, vai definir os pontos críticos e as ações emergenciais que vão sanar os problemas do calçadão da praia de Ponta Negra. A decisão foi tomada durante audiência na tarde de ontem (15) na Promotoria do Meio Ambiente. "É preciso agir emergencialmente em dois pontos: garantir o trânsito de pessoas no calçado e  indicar a medidas de proteção mínima do sistema de esgotamento sanitário da praia que está totalmente desestruturado", explicou a promotora do meio ambiente, Gilka da Mata,

Os peritos terão 20 dias para produzir o laudo indicando as alternativas para resolver esse problema. O segundo laudo será entregue em  60 dias para definição das melhores opções técnicas para obras de reparação na fundação do calçadão. E uma terceira perícia, em 360 dias, para o projeto de reurbanização da praia.

De acordo com o secretário adjunto de operações da Semopi, Caio Pascal, o município já fez o depósito de R$118 mil referente aos honorários dos peritos da UFRN que farão os laudos. Ainda segundo Caio, o município já recebeu cerca de um milhão de reais dos R$4,5 milhões que o Ministério da Defesa garantiu para a recuperação do calçadão de Ponta Negra.

"Queremos que a obra comece o quanto antes porque já temos os recursos. Os peritos vão fazer os laudos e analisar o projeto feito pelo município. O que será aproveitado e o que será modificado", disse o adjunto da Semopi.

A situação de calamidade está decretada a respeito da orla de Ponta Negra há exatos três meses. Desde aquele dia, o calçadão de Ponta Negra está interditado em vários pontos. Na última sexta-feira (12) o município prorrogou a decreto de calamidade por mais 90 dias.

0 comentários:

Postar um comentário