Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

CHEGOU O ARRAIÁ do ALTO de PONTA NEGRA

APRESENTAÇÃO

O alto de Ponta Negra se prepara para receber durante quatro dias o festejo junino. O Conselho Comunitário Associação de moradores de Ponta Negra em parceria com a ABRASEL- COMDICA-, dá início ao Arraial- "Me Perdi, mas tô me achando". O evento traz uma ampla programação para quatro dias com as quadrilhas da Vila de Ponta Negra além de apresentações de grupos infantis matutos e afins.

A grande festa do Arraial do Alto 2011 será nos dias 20- 21 -22 -23 -24  Completam a festa, os quiosques gastronômicos com comidas e bebidas típicas, shows especiais e uma decoração que busca reproduzir o clima das festas juninas tradicionais  confeccionadas com matérias reciclados.

 Para receber o público com conforto e segurança, o evento conta com o apoio dos comerciantes do entorno, e no encerramento haverá a premiação da quadrilha campeã do Arraiá  "Me perdi , mas tô me achando "

As festividades juninas em Ponta Negra unem os símbolos históricos da festa aos valores e identidade culturais do estado. Boa música, barracas decoradas, bandeirinhas e muita animação associada às apresentações de quadrilha, além da rica culinária típica da festa.

Para a Presidente do Conselho Comunitário de Ponta Negra Cintia Fernanda parceiro do Arraiá , as festas juninas fazem parte da cultura  de Ponta Negra como em todo o estado . "As festas juninas estão entre as mais antigas e tradicionais do país, ocupando um espaço aqui que só existe similar com o Natal e o Carnatal. O costume surgiu nos primeiros tempos da colonização devido ao fato de os Três Santos que se comemoram no mês de junho ter tradições em Portugal", explica. Para ela, a miscigenação fez com que a festa junina unisse culturalmente etnias diferentes. "As raízes se mesclaram juntando elementos Potiguares a festa junina. Os alimentos típicos do nosso Estado, como o milho, a canjica, o pé-de-moleque e o Mungunzá incorporaram à nossa cultura. Outras tradições se desenvolveram aqui, como a fogueira" a frente de todas as casas, completa. As comemorações de São João (24 de junho)  padroeiro da Vila de Ponta Negra fazem parte de um ciclo festivo do bairro e homenageia, além desse, outros santos reverenciados em junho: Santo Antônio (dia 13) e São Pedro e São Paulo (dia 29).

 

Arraial do Alto – A cultura da Vila de Ponta Negra pede passagem com o resgate e pertencimento da juventude em seu meio.

As festas juninas, com as suas tradições: quadrilhas, casamento e baile na roça, fogueiras, fartura de comidas típicas, brincadeiras, crendices e simpatias sempre foram sucesso e datam dos trezentos anos de história na Vila de Ponta Negra. O crescimento da cidade foi empurrando estas tradições para a periferia, e alguns grupos de quadrilhas buscavam resistir em meio às transformações culturais da metrópole e a Vila de Ponta Negra tem preservado.

Diante da necessidade de valorizar e manter vivas as tradições juninas da cidade do Natal, com o objetivo de organizar as festas na comunidade, consolidando os vários grupos de quadrilhas existentes e estimulando a formação de novos grupos. Que vem tendo como palco  o entorno da Igreja de São João com shows de duplas, sanfoneiros e grande baile popular, mostrando que o evento tem potencial de resgate da identidade histórica, cultural da população da Vila de Ponta Negra, além de proporcionar diversão e lazer as  crianças jovens e idosos, nosso objetivo é estimular e preservar a festa junina como manifestação de cultura popular e oferecer aos nossos visitantes algo a mais que  praia Sol Dunas e Buggi

Arraial do Alto " Me perdi, mas tô me achando",

Não é apenas uma festa!  Irá se transformar em um processo pedagógico de identidade cultural, levando a tradição junina às escolas municipais e Estaduais e à comunidade em geral. Na implantação do " Teritório de Paz 'serão promovidos encontros e seminários com a participação de especialistas sobre o tema, apresentando seus aspectos históricos, musicais e técnicos, na busca pela manutenção da tradição original das festas juninas, evitando a sua descaracterização.

Assim, neste ano de 2011, o Arraial do Alto " ME PERDI, MAS TÔ ME ACHANDO" retoma suas características originais, por meio da restauração e fortalecimento da personalidade própria da festa na Vila de Ponta Negra . A valorização das raízes típicas e a apresentação de agentes simbólicos da arte, cultura e tradições próprias de nosso estado, patrimônio imaterial à festa mais representativa da riqueza cultural da Aldeia. Isso significa que, ao lado do reavivamento das tradições regionais, busca-se a real inserção do evento no calendário artístico e turístico da cidade, como um atrativo típico de Ponta Negra , com aspectos e ações diferentes de outras festas juninas existentes no Brasil.

Para tanto, o Arraial do Alto se apresenta como um evento que valoriza o típico e regional, tendo como eixo central os elementos básicos da festa – as quadrilhas e sua importância na comunidade –, o que o torna, de fato, um grande atrativo turístico: único, forte e específico.

. CONCURSO DE QUADRILHAS JUNINAS 

A Vila de Ponta Negra possui atualmente cerca de 5 grupos de quadrilhas, totalizando mais de mais de 100 componentes.

A Festa começará sábado, dia 20 de junho, e continua por 4 dias , com apresentações de quadrilhas, Os integrantes dos grupos são moradores de áreas de vulnerabilidade social. "A apresentação dos grupos contribui para aumentar a autoestima dos dançarinos, com o sentimento de pertencimento e integração à sociedade, pois permite que eles se apresentem para plateias diversificadas analisa".

O evento é um importante fator de valorização e resgate da cultura popular e também é fator de geração de renda, já que, por quatro dias haverá envolvimento de toda a comunidade serão  instaladas barraquinhas de comidas e bebidas manipuladas e comercializadas pelos moradores .

COMISSÃO JULGADORA – (Comerciantes locais)

Os grupos participantes da competição de dança serão avaliados por uma Comissão Julgadora, Cada jurado irá avaliar as quadrilhas com notas de 05 (cinco) a 10 (dez) pontos, a partir dos seguintes quesitos:

 

          Conjunto (harmonia dos passos, as cores, etc);

          Coreografia (passos utilizados na apresentação);

          Caracterização (figurino);

          Marcador (puxador ou condutor do grupo);

          Casal de noivos (entrosamento do casal com o marcador, com a quadrilha e entre eles próprios).

 


0 comentários:

Postar um comentário