Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Carta da poetisa Deth Haak verbalizada na Câmara dos Vereadores

À Câmara dos Vereadores da Cidade do Natal,

Na luta pela preservação da Natureza, pelo direito a paisagem, pela qualidade de vida e pela inclusão social, a Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do RN (SPVA-RN) e o Movimento Poeta Del Mundo, entidade que represento no Estado como consulesa da poesia para o Rio Grande do Norte, venho agradecer à Câmara dos Vereadores a oportunidade dada ao Conselho Comunitário de Ponta Negra e a AMPA (Associação dos Moradores dos Conjuntos Ponta Negra e Alagamar) , órgãos que aqui represento junto ao Movimento SOS Ponta Negra, o espaço nos dado, no sentido de colocarmos o sentimento de nossas comunidades.

Saibam Senhores o quanto nos foi difícil estudarmos as leis Federais, Estaduais e Municipais para assim chegarmos às conclusões aqui apresentadas.

Sacrificamos durante 6 meses nossos domingos, para estudarmos o Plano Diretor da cidade e assim apresentarmos a elaboração deste documento (emendas). Pesquisas e mais pesquisas, para chegarmos aqui na certeza de fazer valer o nosso direito concedido aos senhores através de nossos votos.

Também nessa oportunidade dizer muito obrigado aos técnicos professores das Universidade Federal (UFRN) e Potiguar (UnP), Ongs e ao Ministério Público na pessoas da Promotora do Meio Ambiente Doutora Gilka da Mata, que muito somaram nesta conquista de apresentar aos senhores o nosso ideal em relação ao Plano Diretor agora votado.

Nele está contido o querer dessas comunidades, que vem sendo degradadas pela especulação imobiliária, e o sentimento da população da cidade do Natal entregue aos senhores num abaixo assinado com mais de 6 mil assinaturas no mês de dezembro pedindo a preservação do nosso cartão postal “Morro do Careca", e em relação ao Plano Diretor agora votado.

Venho para dizer que a Poesia não é simplesmente mais uma arte, é a mãe, sendo assim é o motor de todas as artes! É a filha contestadora e a Linguagem artística é sua única possibilidade de crescimento e recuperação.

Nasci da ação não só expressa, é MAGNETO que potencializa todas as artes, pois nenhuma atividade artística é mais cheia de dever. O meio sofre a influencia da ação Poética e esta por sua vez sofrerá a influencia do meio em um espiral dialético irrefreável.

Morro do Careca!

Santuário de Ponta Negra, eis meu verso que resvala
Em arestas em seu topo que miro, um luar cintilando
E adornando Natal! A cidade que os todos iguala,
Pobres e ricos nessa empreitada, aqui eu te defendo!

Dos abutres traiçoeiros aviltantes, enchendo a mala
Na cobiça desenfreada, pensam destituir-te o reinado,
Com arranha-céus... Ousando calar minha voz que fala
Eu protejo o Morro! Que retumbe a lírica deste brado...

Por ser hospitaleira e grandiosa tua presença neste rincão!
Morro do Careca o outeiro deste poema, e até meu lar
Pois toscanejo galgando suas trilhas traçadas na emoção...

E por ti hei de versar ,não aos espigões! Hei de reclamar,
Em todo canto, cátedra que ora florido, clama em oração
Ao vento, e o mar que te banha, diz a minha alma vá lutar!

Deth Haak
“A Poetisa dos Ventos”
SPVA-RN Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do RN
Cônsul Poeta del Mundo - RN

0 comentários:

Postar um comentário