Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Diário de Natal :: CARNAVAL 2008 EM PONTA NEGRA

Ponta Negra se firma como pólo da folia

Repórter: Viktor Vidal
Foto: Frankie Marcone

Morais Moreira foi o grande nome do pólo multicultural de Ponta Negra

O Carnaval Multicultural de Natal levou milhares de foliões às ruas de Ponta Negra, consolidando o resgate da festa na capital. No sábado, o bloco Poetas, Carecas, Bruxas e Lobisomens reuniu cerca de 6 mil componentes e homenageou seu idealizador e diretor, Edmar Viana, que está doente e não compareceu ao desfile. A novidade este ano foi a estréia do bloco Mole Não Entra, que apesar de novo não deixou a desejar e animou durante todo o percurso.

As atrações musicais ficaram por conta de Khrystal, Diogo das Virgens e Morais Moreira, que encerrou a festa no palco principal relembrando as velhos e conhecidos hits carnavalescos. O que chamou atenção foi a quantidade de famílias com crianças - a maioria fantasiada - e turistas durante o trajeto. Sem cordões de isolamento, os blocos foram comandados pela alegria e tranqüilidade, sem excessos ou brigas por parte dos foliões.

A festa começou ainda à tarde, por volta das 17h30, no largo do Praia Shopping, quando o ‘‘Mole Não Entra’’ ligou a trivela animada pelo cantor Galvão Filho e arrastou os foliões pelas ruas do conjunto Ponta Negra. Apesar de novato, o bloco contagiou os participantes entoando o refrão ‘‘mole não entra, meu amor, mole não entra, mole não entra pra brincar o carnaval’’. As 700 camisetas distribuídas foram poucas para a quantidade de foliões nas ruas.

O Mole Não Entra puxou os foliões até o primeiro palco, montado por trás do Villarte. Lá, a cantora Khrystal abriu os shows e dedicou a festa ao chargista Edmar Viana. ‘‘Ele não está aqui fisicamente, mas está presente com o coração’’, disse. Quem prestigiou a festa foi o prefeito Carlos Eduardo e o presidente da Fundação Municipal Capitania das Artes (Funcarte), Dácio Galvão. Ambos prestigiaram os shows e o percurso dos blocos.

No meio do caminho, o Mole Não Entra se encontrou com o Poetas, Carecas, Bruxas e Lobisomens, reunindo os foliões no mesmo rumo. A segunda parada foi no palco instalado no chamado Corredor Dosinho. A animação ficou por conta de Diogo das Virgens, que também homenageou Edmar Viana, cantando músicas de Raul Seixas, uma das preferências do chargista. A passagem do bloco chamava atenção com os 15 bonecos gigantes e a famosa cobra com 15 metros de comprimento.


Morais Moreira

O encerramento da festa se deu em grande estilo, com show de Morais Moreira no palco principal, montado no Ponto Sete. Uma multidão lotou o espaço para curtir a festa com os conhecidos hits ‘‘Atrás do trio elétrico’’,‘‘Pombo Correio’’, ‘‘Vassourinha elétrica’’, ‘‘Chão da praça’’. A música rolou até depois da meia-noite.

0 comentários:

Postar um comentário