Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Diário de Natal :: VERÃO 2008 EM PONTA NEGRA || PRESERVAR O AMBIENTE POTENCIALIZA O TURISMO

Ponta Negra: a alta estação chegou pra valer

Foto: Joana Lima

Praia de Ponta Negra já registra bom movimento de turistas estrangeiros e de outras cidades do Brasil

A praia de Ponta Negra serve de termômetro e prova que a alta estação está a todo vapor no Rio Grande do Norte. Em pleno dia de semana, por volta das 9h, natalenses e turistas lotaram a praia urbana mais famosa de Natal. Para quem estava próximo ao Morro do Careca, a vista da orla era colorida pelos guarda-sóis e espreguiçadeiras.

Entre os banhistas, alguns aproveitavam o dia para praticar esportes, como surf, frescobol e cooper à beira mar, outros simplesmente curtiam a vista caminhando no calçadão da Avenida Erivan França ou tomando sol deitado na areia.

Os irmãos Roberto e Bernardo Pinheiro, por exemplo, aproveitaram a manhã para passear. De bicicleta, os dois percorriam a orla, desde a Via Costeira, até chegar ao Morro do Careca. ‘‘É bom vir de carro, mas andar de bicicleta é mais saudável, a gente aproveita mais a orla, a paisagem’’, disse Roberto, que confessou estar atrasado para o trabalho, mas não abriu mão de ir à praia com o irmão que veio de Maceió passar as férias em Natal.

Em meio a fotos e conversas, Roberto Pinheiro confessou achar Ponta Negra a melhor praia urbana de Natal. Para ele, o movimento de turistas está intenso e deve permanecer assim pelo menos até o carnaval, que este ano acontece no início de fevereiro.

Enquanto isso, o fluxo de pessoas continuava aumentando e situações cotidianas da praia chamavam a atenção de quem passava por lá. O arrastão, momento em que os pescadores puxam a rede do mar após a pesca, é uma delas. Muitos se aproximaram para registrar o momento, tirar fotos, filmar, pegar nos peixes. Sinal de que mesmo urbanizada e explorada pelo turismo, Ponta Negra ainda preserva hábitos simples, do tempo em que era apenas uma vila, e isso atrai as pessoas acostumadas com a correria do dia-a-dia.

Regada a água de coco, a tranquilidade fica completa com a brisa e a vista para o mar. É nesse instante que os nativos enxergam a oportunidade de ganhar dinheiro. Para oferecer conforto ao banhista, cerca de 54 locadores se dividem ao longo da praia e alugam kits com duas cadeiras e um sombreiro para quem não levou o material de casa. O preço varia, mas, no geral, é acessível. O aluguel do kit chega a R$ 3 e, se quiser, a pessoa pode ficar o dia inteiro lá. Mas para garantir um ‘‘lugar ao sol’’ é preciso chegar cedo, pois nessa época do ano, a partir das 11h, não há mais cadeiras para alugar.

De acordo com o locador Gilberto dos Santos Souza, o verão 2008 está melhor que o do ano passado, principalmente porque o turista brasileiro está mais presente, além de ser melhor comprador. ‘‘Para mim, o brasileiro gasta mais que o estrangeiro’’, revelou, dizendo que o turista de outros países está preferindo o serviço oferecido pelos hotéis. Mas para quem dá preferência aos locadores, o conforto é garantido.

Muitos vendem bebida e até fazem parceria com os quiosques para oferecer petiscos. Em alguns pontos é comum até encontrar pessoas fazendo massagem nos turistas, completando o dia de lazer.

0 comentários:

Postar um comentário