Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[16 de julho] Destruição do calçadão de Ponta Negra danifica rede da Caern e prejudica abastecimento

Tribuna do Norte - 16 de Julho de 2012

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) classificou como "catástrofe" a situação no calçadão de Ponta Negra, que, segundo a empresa, danificou a rede da companhia e está prejudicando o abastecimento. De acordo com a Caern, a destruição do calçadão de Ponta Negra tem provocado transtornos para moradores, comerciantes e turistas, gerando "um prejuízo incalculável para a capital potiguar". 

Segundo a companhia, o desmoronamento ocorrido na última semana danificou a rede de abastecimento e esgotamento sanitário e obrigou a empresa atender os quiosques com soluções provisórias. Para resolver o problema, a Caern deve construir uma nova rede de água fora da área afetada, para isto aguarda definição de como o problema será sanado. Outra medida foi a instalação provisória de uma tubulação aérea (suspensa) de esgotos.
A presidência da Caern está preocupada com o problema e vem acatando a uma decisão da governadora Rosalba Ciarlini de buscar alternativas para este tema. Equipes da Caern realizam rondas permanentes para identificar algum vazamento de água ou esgoto na praia. "

Estamos trabalhando 24 horas por dia para evitar novas ocorrências e para recuperar o mais rápido possível a tubulação danificada", informa o chefe da Unidade de Manutenção da Rede de Água da Regional Natal Sul da Caern, engenheiro Wagner Oliveira. Segundo ele, diversas ocorrências de vazamento de água foram registradas com o desmoronamento do calçadão, desde a quinta-feira da semana passada.
Além de comprometer a tubulação de água, o desmoronamento também provocou danos na rede de esgotos da Caern. Segundo o chefe da Unidade de Manutenção de Esgotos da Regional Natal Sul, engenheiro Raulynson Araújo, um poço de visita da Companhia ruiu junto com o calçadão e grande parte da tubulação ficou exposta. 


"Instalamos uma tubulação aérea para evitar novos deslizamentos e estamos monitorando a todo instante a área", garante o técnico da empresa de saneamento. O engenheiro está empenhado, juntamente a sua equipe, em minimizar os problemas. A empresa busca manter os serviços, atendendo da melhor maneira, para que os moradores de Natal e visitantes, observando que o local concentra um grande número de hotéis, não tenham o serviço interrompido.
Prejuízos
De acordo com um dos donos de quiosque da orla, Cesimar Fernandes, "o movimento caiu 80% e ainda não sabemos para onde seremos relocados nem quando iremos voltar. Em 40 anos que trabalho na orla de Ponta Negra nunca tinha visto uma situação como esta", lamenta. O problema tem trazido prejuízos para os turistas, para comerciantes e para a prefeitura. A Caern também tem tido gastos com as obras de reparo e o valor empregado será ainda maior quando for feita a obra definitiva.

Com informações da Caern.

0 comentários:

Postar um comentário