Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DENGUE :: CALAMIDADE PÚBLICA

NATAL DECRETA ESTADO DE EMERGÊNCIA PARA COMBATER A DENGUE
Tribuna do Norte - 12/04/2008
[leia matéria completa aqui]

O município de Natal decretou estado de emergência devido ao aumento significativo dos casos de dengue clássico e hemorrágico. Uma reunião realizada ontem na Sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), reuniu o Secretário Municipal adjunto de Saúde, Edmilson Albuquerque Júnior, a chefe do Departamento de Vigilância à Saúde, Cristiana Souto, entre outros Secretários do Município, discutiu o problema e a medida foi oficializada. [...]

.....||.....

COM NATAL, JÁ SÃO 57 MUNICÍPIOS DO RN EM EMERGÊNCIA
Diário de Natal
[leia matéria completa aqui]

De acordo com o gabinete de crise, instalado pelo Governo do Estado na vice-governadoria, subiu para 57 o número de municípios em estado de emergência em todo o Rio Grande do Norte. Os dados contam com a capital, Natal, que afirmou o decreto na manhã desta sexta-feira(11), em razão dos altos índices de dengue e também pelas fortes chuvas que assolam a cidade. [...]

.....||.....

SURTO DA DENGUE FAZ ÓRGÃOS PÚBLICOS MUDAREM A ESTRATÉGIA DE COMBATE
Correio da Tarde - 09/04/2008
[leia matéria completa aqui]

Os casos de dengue estão alarmando a população e os órgãos públicos. Os carros fumacê, que são a última ferramenta de combate à dengue disponível, estão sendo as mais utilizadas, juntamente com os agentes fumacê. No entanto, quem entende do assunto, critica a prioridade que está sendo dado a esse dispositivo. "O carro fumacê é o atestado de incompetência do poder público", afirma o infectologista e professor da UFRN, Luis Alberto Marinho, que comenta sobre as falhas no sistema de combate do mosquito transmissor. [...]

.....||.....

CATADORES EXPÕEM MATERIAL RECICLÁVEL À CHUVA
Jornal de Hoje
[leia matéria completa aqui]

Falta de informação é o principal fator da proliferação da dengue e outros problemas agravados com a chegada do inverno na área

A chuva que caiu na manhã de hoje não foi suficiente para causar grandes transtornos à população, além do trânsito lento registrado em vários pontos e semáforos quebrados.

Contudo, em Felipe Camarão, bairro da zona Oeste da capital, centenas de latas e outros objetos de armazenamento estão cheios de água, e podem se transformar em verdadeiros criadouros do mosquito Aedes Aegypti - transmissor da dengue. É justamente na zona oeste onde os índices da doença já preocupam os órgãos da saúde pública. [...]

.....||.....

ÁGUA PARADA EM VIADUTO ASSUSTA MORADORES DA ZN
Tribuna do Norte - 09/04/2008
[leia matéria completa aqui]

Foto: João Maria Alves

DENGUE - Moradores estão preocupados com piscina formada em complexo viário

Os moradores de Igapó na Zona Norte reclamam do acúmulo de água parada embaixo do viaduto Ulisses de Góis, no complexo viário. A região que mais apresenta casos de dengue na cidade de Natal tenta diminuir os altos índices com a união da população. Na manhã de ontem uma equipe da TN visitou a área do complexo viário para mostrar o descaso que prejudica o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

“Ainda bem que vocês vieram ver essa situação de descaso com a população e com quem luta contra a dengue”. Essas foram as palavras da comerciante Maria Luisa Rabelo, 40 anos. A comerciante tem seu estabelecimento em frente ao complexo viário em Igapó, na zona Norte da cidade. [...]

3 comentários:

Anônimo disse...

bom dia, meu comentario,SOBRE A DENGUE, essa epidemia, por falta de saneamento basico, coleta de lixo, noSsas ruas estao abandonadas, basta sair por ai , em todos os bairros da zona leste a zona sul, lixo, montanhas de lixo sem uma coleta correta , e leis que punam quem suja a cidade, so assim nos livrariamos dessa epidemia, isso chama-se descaso pelos nossos governantes, precisamos de limpeza , agora no momento eh fazer um MULTIRAO, OU SEJA VARIOS, ATE LIMPAR TODA A CIDADE , agora e nos unirmos e TENTA MINIMIZAR ESSA EPIDEMIA, ACREDITO, QUE AINDA EXISTE PESSOAS CAPAZES DE FAZER ALGUMA COISA, PELO NOSSO PAIS E NOSSA CIDADE, ESTAMOS TODOS SUJEITOS A TER UMA DENGUE E ATEH QUEM SABE.. MORRER.. PRECISAMOS NOS CUIDAR E COBRAR OS NOSSOS DIREITOS DE CIDADOES.EH UM PROBLEMA GRAVE, TEMOS QUE LEVAR A SERIO E COBRAR SERIAMENTE DOS NOSSOS GOVERNATES,,,,, LIMPEZA E LEISS.

OBRIGADO.

Yuno.Silva:.* disse...

além de todas essas deficiências citadas, não podemos deconsiderar a falta de educação da população que ainda não entendeu nem atinou para a gravidade da questão.

antes de tudo, NÓS precisamos ajudar a acabar com o Aedes.

Ioshiko disse...

Para ajudar no combate à dengue,plantem citronela(a essência de citronela-cymbopogom nardus, mata larvas e pupas em 3 horas, 1 colher (sopa) para 1 litro de água,( peço que façam a experiência!),manjericão,tagetes patula,usem seus derivados(desinfetantes,essências,óleos,velas,sabonetes),deixem viver as criaturinhas,os muitos predadores do aedes:aranhas mosquiteiras,lagartixas de parede,libélulas,pássaros insetívoros,peixes guppy nos reservatórios de água,sapos,além de telar caixas d água,eliminar possíveis criadouros, usem bacillus thuringiensis, aspirador de mosquito,armadilhas Adultrap prende a mosquita adulta(serão 450 ovos que deixam de criar!).Não usem veneno químico, faz mal á nossa saúde,o aedes já adquiriu resistência, mas, mata seus predadores, e assim a dengue prolifera livremente.Basta analisar:onde mais se investiu com inseticidas(Pan 2007) é onde mais aumentou casos de dengue. Os predadores são consumidores vorazes do aedes, tanto na água como em terra, muito mais eficientes que qualquer medida artificial. Pesquisem para comprovar! Perfume também espanta o mosquito.Passem nas partes descobertas. Colocar uma caneca de plástico com ½ de água e 2 gotas de essência de citronela, deixe perto da cama.O cheiro permanece até o dia seguinte e o mosquito não se aproxima.
"O uso sem critério do fumacê causa impactos ao meio ambiente, provocando mortes de insetos polinizadores, tais como, abelhas, vespas e borboletas, além dos predadores naturais que exercem a função de controladores das populações de vetores", afirmou.

Postar um comentário