Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comunicação MST :: INVESTIMENTOS NO LITORAL DO RN SERVE DE LAVANDERIA PARA DINHEIRO SUJO

por Mariana Duque
Comunicação MST

[...] Enquanto as opiniões se dividem de forma clara quanto à compra de terras para a agricultura ou para a preservação de florestas, por ora os investimentos estrangeiros em imóveis urbanos parecem não ser motivo de uma celeuma da mesma proporção.

Ao menos é a opinião de Waldemir Bezerra, presidente do Sindicato dos Corretores de Imóveis do Rio Grande do Norte. Com 32 anos de mercado imobiliário, ele acaba de investir na ampliação do escritório na praia de Ponta Negra, em Natal, para atender melhor aos estrangeiros, com secretárias que falam quatro idiomas. Ele conta que nos últimos cinco anos as terras no estado tiveram uma valorização média de 1.000%.

No estado não se compra um flat por menos de 50 mil euros. Um chalé de cerca de 250 metros quadrados chega a custar 700 mil euros. Os principais interessados são os espanhóis, seguidos pelos portugueses, ingleses, franceses e holandeses. “Dinheiro é sempre bem-vindo, ele movimenta toda a economia”, garante Bezerra.

Por outro lado, há os que escolham as belas praias para lavagem de dinheiro. No ano passado, a polícia prendeu uma quadrilha européia que investiu em imóveis para lavar dinheiro de tráfico e prostituição. A euforia de turistas estrangeiros, é bom lembrar, ainda que irrigue a economia, tem o lado perverso, como a sobrecarga dos serviços públicos, normalmente deficitários.

Não são poucos os casos no litoral nordestino de investidores internacionais que simplesmente fecham trechos de praia sem se importar com a comunidade do entorno. Como diz Bezerra, dinheiro é bem-vindo, no turismo ou no campo, mas desde que as regras sejam obedecidas.

# Escritório Nacional do MST- RJ
. Telefones: (21) 2533.6556 / (21) 9736.3678

3 comentários:

Anônimo disse...

Caros.
Ironia. Um movimento como este visto por muitos com reservas, quando não até com ações clandestinas virulentas de grupos de extrema direita, enxerga o óbvio que este últimos não querem ver.
É lícito aceitar esse tipo de invasão tão nefasta somente porque significa inversão de dinheiro em nosso Estado?
Inversão no bom sentido econômico quer dizer investimento com retorno social que vai configurar o chamado desenvolvimento sustentável.

Dimirson

Anônimo disse...

Caros.

O Blog UM OLHO A MAIS mantém uma performance que acasala todos os moradores de Ponta Negra contrários aos mega investimentos imobiliários que descuidam a necessidade do desenvolvimento sustentável. Ilustração: certo Rei só tinha olhos para o dinheiro, e eis que uma grande peste e fome se abateu, não havia o que comer! Estátuas e barras de ouro são alimentos?
Os ricos empresários do setor imobiliário sob os aplausos da governadora podem incorrer nesse grave erro!
Atentai! A sucessão de Carlos Eduardo na Prefeitura está a caminho! É necessário pensar como se articulam esses que estão no governo visando a cadeira de Prefeito de Natal. Se nela tiver assento o teleguiado dos ricos construtores nacionais, potiguares e estrangeiros, amargaremos um destino indesejável para nossa cidade, nossa Ponta Negra.

Dimirson Holanda Cavlcante



Caros visitadores do Blog UM OLHO A MAIS.
Ironia. Um movimento (MST) como este visto por muitos com reservas, quando não até com ações clandestinas virulentas de grupos de extrema direita, enxerga o óbvio que este últimos não querem ver.
É lícito aceitar esse tipo de invasão tão nefasta somente porque significa inversão de dinheiro em nosso Estado?
Inversão no bom sentido econômico quer dizer investimento com retorno social que vai configurar o chamado desenvolvimento sustentável.

Dimirson

Yuno.Silva:.* disse...

Realmente uma ironia meu caro Dimirson, até o MST enxerga o que ainda está turvo para os construtores/investidores. Uma pena!!

Postar um comentário