Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Prefeitura de Natal - 19/03/08 :: AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTIRÁ IMPLANTAÇÃO DA MARINA DE NATAL

Na próxima semana [essa semana - 24 a 28/3], o secretário Municipal de Turismo, Fernando Bezerril, estará marcando na Câmara Municipal de Natal uma Audiência Pública para discutir a implantação da Marina de Natal. O Projeto chega na fase final de aprovação. Em visita à Secretaria de Turismo, o prefeito em exercício Dickson Nasser conheceu a maquete da Marina e disse que a implantação do projeto causará um incremento do turismo internacional colocando Natal entre as cidades mais procuradas do mundo.

O projeto que tem um valor de R$ 100 milhões será executado por um consórcio de um grupo espanhol formado por quatro empresas e um banco internacional. A Marina Natal terá capacidade para acomodar 450 barcos de médio e grande porte. “São embarcações de turistas milionários que preferem a região do Caribe para fazer turismo porque as cidades brasileiras não têm marinas capazes de atender a demanda”, disse o secretário Fernando Bezerril.

O projeto já recebeu licenciamento do Conplam, ISFAN, Semurb, Procuradoria Geral do Município, Marinha, Exercito e Aeronáutica. Falta agora o parecer o Idema e Ministério Público. A área escolhida fica entre a ponte Newton Navarro e o Forte dos Reis Magos. Além da Marina, o projeto preve a construção de heliporto para helicóptero e ultraleves, além de uma escola náutica para crianças e jovens de 6 aos 12 anos. A Marina fará a doação de dois barcos para o IPEA para treinamento desses jovens.

Fernando Bezerril disse ainda que Natal não pode perde este grande projeto, pois outros estados já estão de olho do empreendimento. Segundo o secretário, com a sua viabilização Natal passará a ter a maior Marina do Nordeste e o que é melhor, disse, teremos uma empregabilidade de mão de obra de 500 pessoas. Dickson Nasser colocou à Câmara Municipal à disposição para transformar-se em um fórum de discussões e afirmou que um projeto desse porte não pode escapar da cidade até pela sua vocação natural que é o turismo.

>>> Claro que investimentos são bem vindos. Sempre!! Mas não podemos deixar de levantar algumas questões: Se já passou por tantas instituições, para quê uma audiência pública a essa altura?? A população só pode opinar quando as coisas já estão resolvidas? Queremos participar de verdade! Já foram feitos estudos de impacto ambiental, social e cultural na área? Vamos prestar atenção para não decidirem NOSSO futuro sem NOSSA presença. Temos que defender um desenvolvimento coletivo.

1 comentários:

Anônimo disse...

Esta mensagem foi de concordância com o que foi postado no Blog UM OLHO A MAIS DO SOS PONTA NEGRA.
Os “donos” do poder político e econômico precisam aprender a respeitar o cidadão. Não é porque eles têm dinheiro que tudo pode. Quando as cousas se complicam costumam MENTIR afirmando que tudo foi EXAUSTIVAMENTE DISCUTIDO com a sociedade.

Dimirson Holanda Cavalcante



Caros.

Os gestores públicos, os investidores, devem sim receber pressão do Ministério Público que representa os interesses dos cidadãos.
Muito bem colocado, audiência pública para quê? As decisãos não já foram tomadas?
Vamos enviar comunicações para a Promotoria do Meio Ambiente.

Postar um comentário