Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Matéria DN 23/3 :: Evento reúne o filão do segmento imobiliário

Evento reúne o filão do segmento

Foto: Frankie Marcone/DN

Salão Imobiliário está sendo realizado no Centro de Convenções de Natal


Preço, localização e, principalmente, belezas naturais. Estas três características são procuradas pelos estrangeiros no momento de procurar investimentos imobiliários na capital. O 6º Salão Imobiliário de Natal - iniciado na quarta-feira passada e que segue até o próximo domingo no Centro de Convenções - é uma oportunidade para este tipo de investidores encontrar bons negócios. E a expectativa das corretoras locais é grande com relação à presença de dinheiro estrangeiro circulando durante a feira.

Embora busquem um tipo de investimento específico, os compradores internacionais possuem vários perfis. Grandes grupos, em especial vindos das Europa, estão mais interessados em terrenos para construção de resorts ou mesmo condomínios nas praias urbanas. Já os clientes individuais procuram imóveis prontos ou na planta para uma segunda ou terceira moradia. Os valores variam e durante a feira pode-se encontrar empreendimentos com preços a partir de R$ 60 mil, R$ 80 mil e até R$ 100 mil.

Uma das estratégias das empresas tem sido fazer parcerias com outras imobiliárias localizadas em outros países e vender seu produto diretamente no consumidor. A idéia tem dado certo para a empresa Ferrão, como explica a corretora Solégia Oliveira. ‘‘O intercâmbio tem sido positivo porque cultiva uma relação boa com os interessados. Aqui (no Salão), já fomos procurados por um grupo que entrou em contato com nossos parceiros no exterior’’. Além da Alemanha, a imobiliária trabalha atualmente com mais quatro países europeus.

Para a corretora da Elo Imóveis, Silma Nóbrega, o preço é o diferencial para atrair os estrangeiros. Ela explica que o objetivo da empresa é não especular, trabalhando com o preço real. Além disso, a localização é outro ponto procurado. ‘‘Os investidores que temos atendido buscam áreas para construir condomínios na cidade. A feira é uma oportunidade para o cliente encontrar as melhores empresas do setor’’.

A Abreu Imóveis - que possui um empreendimento que tem tido grande resposta do público estrangeiro - também está aguardando um bom fluxo de público internacional pelo estande. O condomínio, localizado em Ponta Negra, é de uma incorporadora italiana e, apesar de ter recebido uma boa procura local, os estrangeiros estão bastante interessados no espaço tanto que o material de divulgação do produto é bilíngüe.

‘‘Principalmente os europeus, vêem em Natal a possibilidade de aliar belas praias ao sol. É um espaço para descanso e lazer, tanto que a cidade já é a mais procurada como segunda ou terceira moradia dos estrangeiros’’, declara Bel Alvi, responsável pelo marketing da imobiliária. O gerente de vendas da imobilária Peres & Peres, Ed Lorega, acredita na presença dos estrangeiros não só durante a feira, mas interessados em Natal. Porém, ele analisa que mercados como Ponta Negra já estão bastante saturados. ‘‘Embora haja uma procura grande da área, existe um excesso de ofertas. Para os estrangeiros que buscam uma opção de local para férias e terrenos para construção de resorts, a procura tem sido maior pelas região que vai de Muriu até São Miguel do Gostoso’’, explica.

* comentário pertinente: se eles (construtores e corretores) afirmam que os clientes (estrangeiros) estão em busca de belezas naturais, então não dá para entender o que estão fazendo com essa cidade!!

0 comentários:

Postar um comentário