Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

NATAL UM MAR DE POESIAS! :: poesia de Deth Haak pintada em mural no início do calçadão de Ponta Negra, próximo do Morro do Careca

Natal um mar de Poesias!


Elevo a Senhora da Apresentação a doce prece
Na homilia que canto em lirismo, a ti oh! Deidade
No alumbre da noite que ao dia ora entardece
Irisando mar que banha areia da Natal cidade...

No luzeiro de contas que a Via Costeira oferece
É como rendilha que cintila, é bem verdade,
Ao refletir na Ponta Negra a que mais padece
Entre músculos de aço e concreto a cruel realidade!

Que ao olhar pranteia o papiro, que assim desperta
Tecendo poemas ao Morro do Careca á obra viva,
Rutilando a pena em versos que ao criador decreta!
Natal um mar de poesias! A miragem ora absorvida

No Rio Potengi, o luar acalenta a Ponta Negra aflita
A indagar, que será de ti, se a grã Duna for escondida?

por Deth Haak
“A Poetisa dos Ventos”
Cônsul Poetadelmundo- RN
SPVA-RN : Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do RN

0 comentários:

Postar um comentário