Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Matéria Diário de Natal 8/3 :: Oficina de surfe é assaltada em Ponta Negra

Oficina de surfe é assaltada em Ponta Negra

Foto: D'Luca/Diário de Natal

Alan Rodrigues disse que o portão estava aberto e resolveu entrar

O estudante Alan Crispino Rodrigues, de 19 anos, foi preso por volta das 12h de ontem depois de roubar de uma casa da rua Praia de Camurupim, no bairro de Ponta Negra, uma TV 29 polegadas e vários equipamentos usados na fabricação de pranchas de surfe.

O acusado, que foi interno por dois anos e meio do Centro Educacional da Zona Sul (Ceduc Pitimbu) por assalto a mão armada, trabalhava como ‘‘flanelinha’’ próximo ao Ponta Negra Center - por trás do shopping Vilarte, localizado na Avenida Engenheiro Roberto Freire. ‘‘Toquei a campainha para pedir um café, e percebi que não havia ninguém em casa. Daí resolvi entrar para levar a TV e as pranchas, o portão estava aberto’’, alegou o acusado, após ser levado para o 15º Distrito Policial de Natal, na Vila de Ponta Negra.

O proprietário dos pertences roubados pelo acusado, Paulo Roberto Minnemann, de 25 anos, que fabrica pranchas de surfe em uma pequena oficina localizada no quintal da casa invadida por Alan Crispino, disse que não conseguiu recuperar sua lixadeira, equipamento, que, segundo ele, custa cerca de R$ 750. ‘‘Não tenho como fazer uma prancha sem essa lixadeira’’, conta a vítima, que soube do furto no momento em que chegava ao trabalho, por volta das 12h40.

‘‘Eu só trabalho à tarde. Quando cheguei, foi que os vizinhos me contaram. A grade do portão foi empenada’’, observa Minnemann. Os vizinhos da rua Camurupim só deram conta que estavam diante de um furto quando viram o acusado com uma TV 29 polegadas na cabeça. Isso depois de o flanelinha ter levado cinco pranchas e várias ferramentas da oficina. Eles mesmos coibiram a ação de Alan Crispino e tentaram linchá-lo.

Uma viatura da Polícia Militar chegou ao local minutos depois de a Central de Operações da corporação ser acionada sobre a ocorrência. O acusado foi levado para a Delegacia da Vila de Ponta Negra, onde o titular da unidade, delegado Luiz Gonzaga Lucena, lavrou o flagrante do furto. Alan Crispino Rodrigues é morador do município de São Gonçalo do Amarante (Grande Natal) e trabalhava de flanelinha todos os dias nas imediações do Ponta Negra Center.

Esta foi a primeira vez que ele foi preso desde que completou a maioridade penal. ‘‘Nunca me meti nisso não. Passei dois anos no Ceduc por assalto a mão armada, mas, desde que completei 18 anos, ainda não havia feito nada’’, conclui. O estudante ficará sob custódia no próprio 15º DP de Natal.

* comentário pertinente: É isso que queremos ver/ler? Sem dúvida o cinto está apertando, e se não dermos (todos: poder público, empresários e sociedade) opções para esses jovens a coisa vai piorar!!

0 comentários:

Postar um comentário