Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Matéria Correio da Tarde 23/10 - Capim Macio fica a ver navios

Semov descarta possibilidade de começar obra ainda este ano

Foto: Alberto Leandro

Prefeitura terá que construir outras lagoas de captação em áreas do próprio bairro

A Prefeitura do Natal descartou, de vez, a possibilidade de utilizar o terreno do Exército para fazer a drenagem do bairro de Capim Macio. Com isso, a solução encontrada é a utilização de algumas quadras do próprio bairro para construção de lagoas de captação. Mas, o projeto está ainda no plano das idéias e não tem data para se consolidar.

Além disso, a pavimentação das ruas que circundam o Shopping Orla Sul, prometida para o mês de novembro, também não sairá do papel este ano.

Há meses a Prefeitura vem negociando com o Exército para utilizar o terreno que fica às margens da Av. Engenheiro Roberto Freie.

Numa última reunião entre moradores, Semov e Exército, ficou decidido que até o mês de setembro, a prefeitura mandaria um projeto de utilização do terreno para ser analisada pelo Exército. Mas, segundo o secretário de obras e viação (Semov), Damião Pitta, antes mesmo de fazer este projeto, o prefeito Carlos Eduardo Alves achou melhor procurar outras alternativas para resolver os problemas de drenagem do bairro.

"A prefeitura vem conversando e negociando com o Exército, mas não houve progresso. Eles
queriam que a prefeitura comprasse o terreno e isso não é interessante. Nunca chegamos a um acerto, então vamos procurar outros caminhos. A alternativa encontrada foi a utilização de três quadras do bairro de Capim Macio. Uma é aquela do Motel Tahiti, a outra é a quadra vizinha, e ainda a quadra onde atualmente fica o Centro de Tradições Gaúchas", informou.

Para os moradores do bairro, a prefeitura vem sendo omissa quando não dá agilidade à resolução de um problema já tão antigo.

Segundo Nilo Machado, que vive no bairro há 22 anos, desde que os moradores começaram a lutar pela solução do problema, até agora nada foi feito. "Depois de tanta reivindicação, ainda estamos na estaca zero. Ficaram de mandar um projeto pro Exército e não mandaram. Disseram que iam construir essas lagoas de captação , mas quando? Ninguém sabe. O secretário, Damião Pita, esteve aqui e prometeu que ia calçar as ruas que circundam o Shopping Orla Sul em novembro. Ele esteve lá, viu a situação do local e nos prometeu, mas vamos ver se será feito".

A pavimentação de três ruas no entorno do Orla Sul é outra obra que não sairá do papel este ano. Segundo Pita, não é viável calçar as ruas antes da construção das lagoas. "Não podemos pavimentar estas ruas porque a água não terá para onde ser escoada. Nós realmente estivemos no local, mas não ficou determinado um prazo para que as ruas fossem pavimentadas. O que é certo é que sem drenagem não podemos fazer a pavimentação", justificou o secretário.

Com isso, passa-se mais um ano sem que os moradores de Capim Macio tenham os problemas resolvidos, ou mesmo amenizados.

0 comentários:

Postar um comentário