Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Matéria TN 15/10 - Câmara discute futuro de Ponta Negra

Câmara discute proteção a Ponta Negra

Uma Audiência Pública nesta segunda-feira, dia 16, às 14 horas, na Câmara Municipal de Natal vai discutir com a sociedade a construção dos prédios próximos ao Morro do Ccareca. A audiência foi sugerida pelo vereador Júlio Protásio, presidente da Comissão de Planejamento Urbano, MeioAmbiente, Transporte e Habitação.

Foram convidados para participar da audiência o movimento SOS Ponta Negra, o Conselho Federal e Regional dos Corretores de Imovéis, o Sindicato de Habitação, o Pólo-Turístico da Via Costeira, Conselho Regional de Engenharia, o Idema, a Promotoria do Meio Ambiente, a Semurb e o Conselho Comunitário de Ponta Negra.

O jornalista Yuno Silva que está a frente da mobilização, disse que esta é uma oportunidade única para a população de Natal impedir a construção dos cinco prédios na rua José Bragança, na Vila de Ponta Negra, que vão prejudicar a visualização do Morro do Careca. “Este era o ponto que nós queríamos chegar desde que a mobilização começou, há 20 dias. É agora ou nunca. Precisamos unir forças para preservar o Morro do Careca”, disse Yuno Silva.

As manifestações foram determinantes para que o prefeito Carlos Eduardo suspendesse temporariamente a licença de dois empreendimentos já em andamento, enquanto a Secretaria Especial de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) reavalia se os projetos estão dentro do que permite a legislação urbanística. O movimento pró-Ponta Negra promete lutar até o fim para que as construções não sejam liberadas.

A polêmica em torno da construção dos espigões próximos ao Morro do Careca começou no dia 17 de setembro, quando Yuno Silva terminou o blog com as informações sobre os empreendimentos. Na sexta-feira, o prefeito Carlos Eduardo encaminhou mensagem à Câmara Municipal regulamentando a área não edificante de Ponta Negra.

0 comentários:

Postar um comentário