Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tribuna do Norte - 08/10/06 :: ABRAÇO GIGANTE EM PONTA NEGRA

SOS Ponta Negra promove abraço gigante

Moradores do bairro de Ponta Negra fazem hoje mais uma mobilização para tentar evitar a construção de espigões na Vila de Ponta Negra. Será às 10h, em frente à barraca do Caranguejo. Os organizadores batizaram a manifestação de “abraço gigante”. “Queremos reunir uma multidão”, disse o jornalista Yuno Silva, um dos organizadores do SOS Ponta Negra, movimento criado por ele e disseminado por meio da internet para angariar simpatizantes à causa de impedir a construção de prédios junto ao Morro do Careca, um dos principais cartões postais da cidade.

O jornalista fala que o objetivo é conseguir 5 mil assinaturas e legitimar ainda mais o movimento, mostrando aos empresários da construção civil que a “minoria” contrária a intervenções urbanísticas de grande impacto na área não é tão pequena assim e que a comunidade de Ponta Negra continua mobilizada. “Dessa vez, a intenção é receber as pessoas que não puderam ir das outras vezes. Queremos juntar mil pessoas”, disse Yuno.

Essa será a quarta mobilização promovida pelo SOS Ponta Negra depois que o jornalista divulgou na internet notícias da construção de espigões vizinhos ao Morro do Careca. As manifestações foram determinantes para que o prefeito Carlos Eduardo suspendesse temporariamente a licença de dois empreendimentos já em andamento, enquanto a Secretaria Especial de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) reavalia se os projetos estão dentro do que permite a legislação urbanística. O movimento pró-Ponta Negra vem ganhando força e promete lutar até o fim para que as construções não sejam liberadas.

A polêmica em torno da construção dos espigões próximos ao Morro do Careca começou no dia 17 de setembro, quando Yuno Silva terminou o blog com as informações sobre os empreendimentos e espalhou o endereço. No dia 23, a notícia ganhou os jornais impressos, e no dia 27 estava na televisão. As obras tinham sido licenciadas pela Semurb, mas diante da pressão do SOS Ponta Negra o prefeito determinou que elas fossem suspensas. Os projetos estão sendo reavaliados.

0 comentários:

Postar um comentário